• Canal da Marcenaria

Como ser um bom vendedor de móveis



Apesar de nem todos terem aquela “habilidade” e lábia (no bom sentido) para venda, não há nada que um bom preparo, algumas técnicas e conhecimentos não resolvam.


Confira algumas dicas de como se tornar um bom vendedor dos seus móveis:


  • Seja bem-informado


Primeiro, conheça seus produtos, as limitações do seu negócio, as dificuldades, diferenciais e benefícios que oferece. Depois de estar bem munido em relação ao conhecimento do lugar onde você trabalha, você deve buscar saber mais do que o cliente procura. Qual a utilidade do móvel? Em que ambiente ele ficará? É um ambiente úmido/exposto ao sol? Quais as cores do ambiente?


  • Conquiste seu cliente pelo papo


Saiba conversar. Esse bate-papo não fluirá bem com extrema formalidade, como também não fluirá bem com extrema informalidade. Haja naturalmente, saiba ser descontraído quando for oportuno e priorize sempre educação e atenção. Lembre-se que tudo é a forma como se diz, então grande parte da venda está no diálogo.


  • Estabeleça uma sintonia com seu cliente


Utilizar a técnica de espelhamento de comportamento é muito útil para gerar empatia no cliente.


Esta técnica é ótima para quem pensa em como ser um bom vendedor de móveis. Ela consiste em copiar sutilmente alguns traços comportamentais da pessoa com quem você está conversando, como a posição das mãos, entonação de voz e respiração, mas tome cuidado para não parecer que o cliente está sendo motivo de chacota.


  • Seja um bom ouvinte


Você só saberá o que o cliente precisa se ouvir dele as necessidades. Além de ouvir o que seu cliente disse, preste atenção no que ele não disse. Necessidades não declaradas são uma fonte inesgotável para se realizar boas vendas. É nessas brechas que você conseguirá oferecer produtos complementares ou soluções inovadoras.


  • Faça as perguntas certas na hora certa


Espere o cliente falar o necessário e preste atenção. Formule as perguntas precisas na sua cabeça para tomar o menor tempo possível, isso é bom para você (que levará menos tempo para atendê-lo), e para ele, que com certeza identificará um atendimento eficaz e de qualidade.


  • Seja preciso nas respostas


Nada de enrolação. Se você pode atendê-lo, faça as propostas e explore opções. Se está fora do seu domínio, não tenha vergonha de mostrar limitações, diga que não poderá atendê-lo ou que vai buscar recursos.


  • Deixe o cliente confortável


Oferecer um ambiente limpo, bem organizado e confortável ao cliente, além agrados, como água e café, favorece a decisão do cliente em comprar em seu estabelecimento.

Além de conforto, passa-se uma imagem de confiança e cuidado, sem esquecer que a qualidade e a atenção ao se realizar o atendimento também são importantes.


  • Pós-venda


Trabalhar o pós-venda é tão importante quanto o momento da venda em si.

Visitas descompromissadas e ligações sem intuito comercial ajudam a fortalecer e manter ativo o relacionamento entre o vendedor e seu cliente. Faça um bom pós-venda e consiga mais de uma venda para aquele cliente, além de boas indicações do seu trabalho.



Referência: https://foccolojas.com.br/blog/como-ser-bom-vendedor-de-moveis/

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo