• Canal da Marcenaria

Cuidados com o orçamento na marcenaria

Atualizado: Nov 19







Uma boa gestão na Marcenaria, bem como em outros negócios, precisa de atenção no orçamento. Isso porque conforme há crescimento, os números ficam mais difíceis de ser controlados, podendo se tornar uma bola de neve.


Temos aqui alguns exemplos de deslizes que devem ser evitados:


1- Não calcular adequadamente o preço do produto:


A precificação é um elemento crucial para proporcionar rentabilidade, competitividade, crescimento e retorno do capital investido à marcenaria. Deve-se buscar pelo equilíbrio, pois o preço muito baixo pode acabar não cobrindo os custos, enquanto preço muito alto pode afastar a clientela e reduzir a competitividade da marcenaria. Para as situações nas quais se atua em um nicho ou se tem produtos realmente diferenciados e mais exclusivos, é fundamental trabalhar junto ao mercado de interesse a noção de valor agregado, e não o de preço.

2- Desconhecer as despesas fixas


No orçamento de uma marcenaria, não se deve apenas levar em conta as despesas com a matéria-prima - os custos fixos (como conta de água e de energia) devem ser sempre somados como custo fixo, pois o podem impactar tanto ou até mais do que os insumos no fluxo de caixa do negócio. Assim, para não serem custeados com o montante de reserva (outro item que deve estar entre as preocupações de qualquer empresário) e para conseguir precificar adequadamente seu trabalho, é necessário incluir esses custos no seu orçamento mensal. Utilizar a reserva para esses custos pode deixar a empresa sem orçamento para novos investimentos.

3- Misturar finanças pessoais com as do negócio:


Esse é um erro bastante comum, nas pequenas e médias empresas principalmente. É também um dos erros que mais impacta e compromete o orçamento. Isso porque ao misturar Além de prejudicar a prestação de contas obrigatória (como imposto de renda), isso pode fazer com que o empreendedor não saiba com precisão como está a saúde financeira de seu negócio. Nesse cenário, é comum, por exemplo, a demanda de vendas aumentar, porém os resultados acabarem não aparecendo no fluxo de caixa, prejudicando o desenvolvimento da marcenaria. Outro problema gerado é a dificuldade de planejar e realizar estratégias de redução de custo, uma vez que as retiradas fogem do controle.

4- Contar com dinheiro a receber:


Embora previsões de receita sejam importantes para avaliar o desempenho da empresa, elas não podem ser consideradas dinheiro garantido. Em caso de uma possível crise, por exemplo, o dinheiro pode não ser recebido e pode causar um rombo no orçamento. Para que isso não ocorra, é recomendável separar a receita real da prevista, a fim de criar cenários mais realistas para embasar sua tomada de decisões.

Para ajudar você, Marceneiro, a manter o controle dos seus orçamentos e ter eles em mãos de forma organizada, com facilidade, rapidez e profissionalismo, nós sugerimos o uso do nosso aplicativo, o Rede PRÓ Conecta. Ele está disponível no Google Play e na Apple Store, e é grátis!


Baixe e confira!


https://apps.apple.com/br/app/rede-pr%C3%B3-conecta/id1501210003


https://play.google.com/store/apps/details?id=mobiup.br.net.pronegocios


Fonte: https://digital.formobile.com.br/gesto/5-pontos-de-ateno-com-o-oramento-da-marcenaria

724 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

Rede PRÓ

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram