• Canal da Marcenaria

Tudo o que você precisa saber para criar o seu plano de negócio

Atualizado: há 2 dias



Para os empreendedores o começo nunca é fácil, bem como os desafios da expansão depois de conseguir estabilidade. É comum que hajam erros, inseguranças e desequilíbrios, porém, esses riscos diminuem consideravelmente quando é feito um bom plano de negócio anteriormente. É através do plano de negócio que você vai detalhar tudo sobre seu ramo, produto, serviço, clientes, fornecedores, concorrentes e os pontos fortes e fracos do seu negócio, e ter tudo isso sob a sua visão antes de dar qualquer passo.


Mas, como fazer?


1- Sumário executivo


Descreva um resumo do que é o seu negócio e quais são os diferenciais competitivos que possuem, qual a missão da sua empresa, o perfil dos empreendedores, quais são seus produtos/serviços, a localização do seu negócio, o segmento de clientes, o investimento total, os indicadores financeiros, a forma jurídica e o enquadramento tributário. O resumo deverá ser simples (no máximo 3 páginas), interessante para quem lê, passar profissionalismo, ter destaque para as conclusões e dar uma visão geral e clara do plano.


2- Análise do mercado


Nessa etapa você vai analisar clientes, concorrentes e fornecedores. Para estabelecer seu público-alvo, você deve analisar as características em comum de um grupo consumidores do seu produto/serviço. Depois, deve fazer algumas perguntas, como: Quem compra? Por que ele compra? Para que compra? Como compra? Onde compra? Faça diversas segmentações. Em relação aos concorrentes, a análise é quanto aos produtos, preços, estratégias, ações, recursos e diferenciais. Olhe para quem está na mesma posição de mercado que você, e use como parâmetro. Quanto aos fornecedores, pesquise preços, qualidade condições de pagamento, quantidade mínima e prazos.


3- Plano de marketing


Nessa etapa será definido como a empresa irá ofertar seus produtos e serviços. Faça uma descrição do que sua empesa oferece, a qualidade, utilidade, diferenciais e inovações. Analise a visão do cliente sobre seu negócio e estabeleça metas: onde estou e para onde quero ir (no mercado). É necessário mapear todas as etapas de contato com seu cliente, desde como ele chega até seu produto até a entrega do produto até ele, e para isso acontecer, primeiro seu cliente tem que saber que você existe. Faça sua divulgação baseada no comportamento do seu consumidor: onde vou buscar a atenção dele? Quais lugares ele frequenta? O que chama atenção do seu cliente?


4- Plano operacional


Como sua empresa vai desenvolver/comercializar o produto/serviço? Nessa etapa você irá conferir quais são seus recursos, materiais, equipamentos, colaboradores, capacidade e tempo necessário. Analisando isso, terá a sua capacidade instalada, ou seja, a sua capacidade de produção, venda e prestação de serviços em um período.


5- Plano financeiro


O plano financeiro é o resultado do plano de negócio. Você poderá ver, em números, o impacto do seu plano de negócios. É nessa parte também que você irá avaliar os investimentos para ampliação. Carros, móveis e equipamentos são investimentos fixos; reformas e registro da empresa são investimentos pré-operacionais; recursos financeiros para fornecedores e financiamento de clientes na venda a prazo fazem parte do capital de giro. Além disso, você irá fazer a comparação da receita x custos (fixos e variáveis). Com isso em mãos, você conseguirá um demonstrativo de resultados, extremamente importante para o plano financeiro, onde terá visibilidade do ponto de equilíbrio, prazo de retorno do investimento e a lucratividade.


6- Análise de cenários e de estratégia


Nessa etapa, serão analisados os riscos. Com a prevenção e administração dos riscos através da análise de cenários, as chances de afetar seu negócio são menores. Para isso, você deve simular condições adversas e possíveis soluções para elas, explore as estratégias e esteja preparado para mudar seu planejamento se necessário, tendo em vista que mesmo com a análise prévia, os fatores externos podem mudar sem indícios. Depois disso, você irá partir para a estratégia: como você irá competir no mercado? Quais suas metas? Qual é o seu objetivo e como chegará lá? Quais são as ameaças, oportunidades, pontos fortes e pontos fracos? Mapeie todos os pontos, sempre levando em conta o mercado.


7- Avaliação do plano


O sucesso não é uma receita pronta, por isso, talvez seja necessário fazer alterações no meio do caminho, ajustando-se ao cenário do momento. A dica é: nunca pare de monitorar! Tenha sempre uma análise da sua empresa, dos clientes, da concorrência e dos fornecedores, eles estarão em constante mudança. Invista no conhecimento e capacitação, participando de feiras, palestras, cursos e acompanhando as notícias do mercado e do ramo, e lembre-se de sempre puxar os colaboradores juntos para cima.

Fonte: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/como-elaborar-um-plano-de-negocio,37d2438af1c92410VgnVCM100000b272010aRCRD


Posts recentes

Ver tudo