top of page
  • Foto do escritorCanal da Marcenaria

Marcenaria X Indústria de Móveis: Desvendando o Mundo do móvel de Madeira

Você já se perguntou qual é a diferença entre marcenaria e indústria de móveis? Ambas têm a madeira como elemento central, mas existem características distintas que as tornam únicas em suas abordagens. Vamos explorar cada uma e tentar entender onde os profissionais podem prosperar em seus negócios.




O que é Marcenaria? [do francês "menuiserie", que significa "carpintaria"]

A marcenaria é uma arte milenar de trabalhar com a madeira para criar móveis personalizados e únicos, utensílios domésticos e decorativos, como esculturas. Neste ofício, o marceneiro aplica suas habilidades especializadas para produzir móveis sob medida, como mesas, cadeiras, armários e muito mais.


O que é Indústria de Móveis?

A indústria de móveis é um segmento onde os produtos são fabricados em linha, utilizando processos automatizados ou semiautomatizados para atender à demanda do mercado e, geralmente, são padronizados. A padronização é fundamental, garantindo a eficiência na produção e, muitas vezes, resultando em preços mais acessíveis ao consumidor final.


A principal diferença entre marcenaria e indústria de móveis é a escala de produção e o nível de personalização.




Materiais: além do MDF e do MDP, a marcenaria pode oferecer produtos feitos com madeiras brutas e madeiras nobres, enquanto a indústria de móveis utiliza somente materiais como chapas de MDF, MDP, aglomerado e plástico. (MDF = placa de fibras de madeira de média densidade. MDP = placa de partículas de madeira de média densidade. A diferença está entre fibras e partículas).



Tecnologias: a marcenaria consegue aplicar diversas técnicas tradicionais de carpintaria, valorizando as características únicas de cada tipo de madeira, enquanto a indústria de móveis utiliza máquinas grandes e equipamentos automáticos modernos, resultando em acabamentos padronizados com poucos detalhes personalizados.


Flexibilidade: a marcenaria é mais flexível, pois os marceneiros podem produzir móveis sob medida e sob encomenda. Já a indústria de móveis é menos flexível, pois a produção rápida e em grande quantidade não conseguem atender a pedidos personalizados.



As Forças de Cada Segmento: Marcenaria/Indústria De Móveis

Ambos os segmentos possuem vantagens distintas.


A marcenaria oferece personalização e capacidade de atender às necessidades únicas de cada cliente. A abordagem artesanal permite utilizar madeiras brutas e nobres, assim como técnicas de acabamento detalhadas, tornando cada peça verdadeiramente especial. Geralmente, os materiais são mais duráveis, além da exclusividade. É muito raro encontrar móveis feitos por marceneiros em lojas de móveis. A marcenaria pode oferecer vantagens em termos de redução de custos, já que a produção é feita localmente e, muitas vezes, pelo próprio marceneiro.


Por outro lado, a indústria de móveis utiliza processos industriais, matéria-prima como chapas de MDF e MDP, além de maquinários específicos para a fabricação em larga escala, permitindo que a indústria produza uma grande quantidade de móveis em um curto espaço de tempo. Oferece maior variedade no portfólio e, consequentemente, preços competitivos. Nesse tipo de negócio, há maior penetração no mercado, com os produtos sendo encontrados em diversas lojas de móveis.




Prosperidade no Negócio de Marcenaria/Indústria De Móveis


O segredo para a prosperidade nos negócios de marcenaria ou indústria de móveis reside na identificação e exploração das fraquezas e forças de cada um.


O marceneiro pode se destacar ao oferecer produtos personalizados e exclusivos, investindo em marketing direcionado para clientes que valorizam a qualidade e o trabalho artesanal.


Já na indústria de móveis, a agilidade na produção e o alcance de um grande mercado podem garantir o sucesso, mas a atenção ao design e à inovação também é crucial para se destacar em meio à concorrência.


Em conclusão, tanto a marcenaria quanto a indústria de móveis têm seu espaço e potencial no mercado. Ao reconhecer suas próprias forças e fraquezas, os profissionais podem prosperar em qualquer um dos segmentos, desde que estejam comprometidos com a excelência, a qualidade e, principalmente, com a satisfação do cliente. Afinal, a madeira é um material versátil e encantador, capaz de moldar sonhos e realidades para as mais diversas preferências e necessidades. A escolha entre uma ou outra dependerá das necessidades e preferências do cliente. É importante avaliar cuidadosamente as opções antes de tomar uma decisão.



Começando um Novo Negócio de Marcenaria/Indústria De Móveis


Em uma pequena marcenaria ou em uma iniciante indústria de móveis, os profissionais desempenham diferentes papéis que são essenciais para o funcionamento e sucesso do negócio. Vamos explorar alguns dos principais papéis e habilidades necessárias para cada profissional, muitas vezes o mesmo profissional atuando nas diversas necessidades abaixo:


Marceneiro: É o profissional especializado na fabricação dos móveis. Ele trabalha diretamente com a madeira, cortando, montando, entalhando e realizando acabamentos detalhados. Habilidades em marcenaria, conhecimento de produtos, ferramentas e técnicas são essenciais para produzir móveis de alta qualidade.


Montador / Instalador: Esse profissional é responsável por montar e instalar os móveis dos clientes nos locais de destino. É importante que ele tenha habilidades em montagem, conhecimento das peças, técnicas e materiais, para garantir uma instalação segura e adequada.


Designer / Projetista: Este profissional é responsável pela criação dos projetos e desenhos dos móveis. Ele deve ser criativo, ter conhecimento sobre design de móveis, ergonomia e materiais. Habilidades em softwares de design e desenhos em 3D no computador são importantes para criar modelos precisos.


Vendedor: O vendedor é encarregado de apresentar as soluções ao cliente, esclarecer dúvidas, oferecer informações sobre os móveis e fechar as vendas. Habilidades em negociação, comunicação e conhecimento dos produtos são fundamentais para esse papel.


Administrador / Financeiro: Esse profissional é responsável pela gestão financeira, controle de estoque, compras de materiais, fluxo de caixa, contas a pagar e receber, entre outras atividades administrativas. Habilidades em organização, planejamento financeiro e conhecimento de ferramentas de gestão são importantes para esse papel.


Empreendedor / Proprietário: O empreendedor é o responsável pela concepção e visão do negócio. Ele toma decisões estratégicas, gerencia a equipe e busca oportunidades de crescimento. Nesse papel, habilidades de gestão, liderança, visão de negócio e capacidade de tomar decisões são fundamentais.


O número certo de profissionais necessários para iniciar um negócio de móveis do zero pode variar de acordo com o tamanho e a capacidade produtiva pretendida. Para uma pequena indústria de móveis, é comum começar com uma equipe enxuta, composta pelo:

  • Empreendedor, que pode acumular o papel de vendedor e do administrativo/financeiro.

  • Um profissional para ser o designer/projetista, e

  • Por fim, a produção com o marceneiro, que também faz o papel do montador.


À medida que o negócio cresce, a equipe pode ser expandida para incluir mais montadores, dividir as tarefas administrativas e financeiras e outros profissionais conforme a demanda.



Sucesso Do Negócio De Marcenaria/Indústria De Móveis


A chave para o sucesso de uma pequena indústria de móveis é contar com profissionais bem treinados e qualificados, capazes de trabalhar em equipe, contribuir em outras funções e tarefas, com foco na qualidade dos produtos e, principalmente, no atendimento e satisfação do cliente. Além disso, é importante que o empreendedor tenha habilidades em gestão de negócios, vendas, liderança, gestão de equipe e pós-vendas, para garantir o crescimento sustentável e a prosperidade da empresa.


 





Autor: Ton Fogaça – Palestrante da PRÓ Negócios

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page