• Canal da Marcenaria

Móveis e casas do futuro


Estratégias poderosas de vendas


A venda, por mais que estejamos tratando com diversas pessoas e jeitos diferentes, tem alguns macetes que funcionam independente de quem for o consumidor. Isso porque somos todos humanos, temos comportamentos, no fundo, parecidos... Basta desvendar as mensagens subjetivas que expressamos de jeitos diferentes. Para isso, confira essas estratégias poderosas de vendas que vão te ajudar e muito a entender o seu cliente e contornar as objeções mais comuns:


Quando o cliente diz que tem só “5 minutinhos”


Claro que pode haver vezes em que o cliente realmente está na correria. Mas, quem nunca disse isso apenas porque não queria ser incomodado ou sabia que seria induzido a compra? Mesmo assim, devemos respeitar a vontade do cliente, e, no máximo, tentar dobrar a situação e fazer com que ele se sinta interessado. Como estamos falando de móveis, sabemos que não é possível tomar a decisão de compra em 5 minutos, então use o tempo para tentar marcar uma outra vinda do cliente, se mostre consciente de que é uma decisão importante e que ele precisa pensar em todos os detalhes, e você estará a disposição para ajudá-lo e tem conhecimento para isso. Não seja insistente ou tente tomar mais tempo dele, isso pode acabar irritando o cliente... Deixe que ele sinta interesse em te ouvir!


Quando o cliente diz não ter dinheiro suficiente


É uma situação super comum, né? E normal! Nesse caso, não tente empurrar o produto de maneira forçada. Ele pode dizer isso por alguns motivos, e os principais são: ele está inseguro com a compra, ou tem outras prioridades no momento. De qualquer forma, a melhor opção aqui é fazê-lo enxergar valor no que vai adquirir. Entenda qual a realidade dele, para que vai utilizar o produto, qual a necessidade a ser suprida... O que ele procura naquele móvel. A partir daí, você pode agregar valor ao produto e mostrar que é mais que apenas um móvel. Ou, pode apresentar outras soluções que caibam no orçamento dele. O importante é: apresente o móvel sempre como uma solução e um combo de benefícios, nunca somente como um produto.


Quando o cliente está “só dando uma olhadinha”


Outra situação super comum! Inclusive, você, como cliente, também já deve ter dito isso, rs.

Como consumidores, sabemos que “só olhando” quer dizer que temos interesse em algo da loja, mas ainda não estamos convencidos de que queremos, e temos medo de ser influenciados. Portanto, nessa hora, vemos o vendedor como alguém que quer se dar bem e vai acabar forçando a compra. A melhor alternativa para o vendedor é: se mostrar disponível, se afastar e observar. Ele mesmo dirá, com o comportamento, o que está buscando. Caso veja que ele está ganhando certeza para a compra, se aproxime e ofereça mais informações do produto, mas sempre deixando ele à vontade.


A ansiedade e nervosismo do vendedor


Você se sente nervoso antes da venda? É completamente normal, visto que você não sabe com quem lidará. Porém existem algumas técnicas que te deixarão mais tranquilo com a abordagem. Primeiro, esteja bem preparado e conheça a fundo o seu produto/serviço, mostre que tem domínio sobre o assunto, isso implica em uns 80% da sua segurança. Outra dica é não tentar forçar a abordagem, haja o mais naturalmente possível, não seja tão formal, sorria, seja descontraído, humanize o atendimento. Isso facilitará para você e para o cliente também, que se sentirá mais confortável. E por último, encontre formas de se acalmar que funcione para você, como algumas técnicas de respiração, por exemplo.

Fonte: revista.moveisdevalor.com.br

59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo