• Canal da Marcenaria

Neuroarquitetura — Conheça o Impacto dos Ambientes no Cérebro




O que é a Neuroarquitetura?


Nada mais é que a junção da neurociência com a arquitetura, ou seja, um modo de estudar como funciona o recebimento das informações que os ambientes transmitem para o cérebro, por exemplo: tranquilidade, entusiasmo, seriedade, conforto etc.

Para ajudar você a passar a sensação desejada no ambiente que você está projetando, existem algumas dicas que podem ajudar. Confira:


Luz natural


Em geral, ambientes iluminados são capazes de trazer boas sensações. Porém, é ainda melhor se a luz for natural. Isso porque isso faz com que as pessoas se sintam mais próximas do exterior e da natureza. Ao construir espaços, priorize as janelas. Caso o sol seja muito forte, conte com a ajuda de cortinas que consigam amenizar os raios solares, mas não deixem o local escuro. Quanto à luz artificial, utilize sempre lâmpadas da cor branca, pois ela reduz o sono.


Organização do espaço


Quando se trata de locais que são usados para trabalho e concentração, evite itens que podem causar distração. Uma boa ideia é aplicar o conceito de minimalismo e adicionar ao ambiente apenas o que é necessário. Para criar a disposição dos móveis, tente criar espaços livres para circulação e evitar a sensação de claustrofobia naqueles que deverão estar ali.


Cores


Muito mais do que usar a ciência das cores para descobrir as melhores combinações para os ambientes, é preciso usá-las de acordo com a forma como elas podem influenciar nos seres humanos — afinal, cada uma delas age de uma forma diferente no cérebro.


Dica: para saber mais sobre como escolher a paleta de cores para cada projeto, temos uma matéria específica sobre esse assunto aqui no blog! Confira em: https://www.canaldamarcenaria.com.br/post/paleta-de-cores-como-definir-para-o-seu-projeto




Fonte: https://www.duratexmadeira.com.br/blog/arq-decor/neuroarquitetura-conheca-o-impacto-dos-ambientes-no-cerebro/

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo